Obedecer

Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: “Este é o caminho; siga-o” Is 30:21

Olá pessoal.. saudade de escrever para vocês!! Não tenho tido muito tempo para postar no blog, mas já estou de volta, graças a Deus!! Amo poder compartilhar o que Deus me ensina. E, hoje, o Senhor falou em meu coração a respeito de dois tipos de batalhas: aquelas que são de acordo com a direção dEle e as que são de acordo com nosso próprio coração. Em II Crônicas 26 encontramos a história de Amazias, rei de Judá, que viveu conforme a vontade de Deus, mas não de todo coração. Vemos em sua história o traçar dessas duas batalhas.

Na primeira delas Amazias convocou o exército de Israel, pagando um alto preço a eles, de três toneladas de prata, conforme o versículo 6. Entretanto o Senhor não estava com Israel e enviou um profeta para dizer a Amazias que essa tropa não deveria marchar com eles. Amazias ficou preocupado, pois havia investido uma quantia alta nesses soldados, mas decidiu obedecer a direção de Deus e não os enviou para a batalha. Então o Senhor deu a vitória a ele, entregando seus adversários em suas mãos.

Porém, a benção transformou-se em maldição quando  Amazias trouxe consigo da batalha os deuses de Edom e se curvou diante deles. A partir daí começou a queda do rei de Judá. Seu coração estava repleto de orgulho, de tal maneira que recusou-se a ouvir a repreensão de Deus através de Seu profeta.

Com toda sua audácia Amazias chamou Jeoás, rei de Israel, ao seu encontro. Travou-se então uma segunda batalha, agora entre Israel e Judá. Mas, dessa vez, Judá foi ferida e o rei Amazias envergonhado. Por não ouvir a palavra de Deus, o Senhor entregou Amazias nas mãos dos seus inimigos.


Quantos de nós, voltados para nossos próprios desejos, esquecemos que não vivemos mais nossa própria vida, mas a vida de Deus que habita em nós. Ele quer plantar Seus sonhos em nossos corações, nos dar estratégias, nos mostrar a direção para que alcancemos a Tua doce vontade. Porém muitos vêem Deus como uma máquina de realização de sonhos e se achegam a Ele a fim de pedir e pedir. Esse não foi o exemplo que Jesus nos deixou quando disse ao Pai: “Seja feita a Tua vontade e não a minha”. Isso não nos mostra Jesus como alguém que nunca sonhou, como alguém que nunca ansiou ter nada, mas nos mostra que Ele sonhava em cumprir a vontade do Pai!

Esse deve ser nosso sonho também! Sonhar os sonhos de Deus. Nos mover conforme a Sua direção. É tempo de, em nossas orações, aquietar o coração a fim de ouvir a voz do espírito. E não transformar esse momento em um monólogo, onde só falamos e pedimos. Mais importante que nossos planos são os planos de Deus para nós. Maiores são Seus pensamentos que os nossos. Então, por que não nos dedicarmos mais em conhecê-los?

Quando tiver que tomar alguma decisão, lembre-se sempre de Amazias. Enquanto ouvia a voz de Deus a vitória estava com ele, mas quando passou a se aconselhar com outros deuses a derrota logo o alcançou. Vale a pena investir tempo para ouvir a voz de Deus,  Ele é o general que dá ordem ao Seu exército. Por isso não se esqueça:

VIDA VITORIOSA É UMA VIDA DE OBEDIÊNCIA!


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s